Chá de Fraldas e Aniversário marcam a semana da paciente Sara

17/07/2019 Por: Instituto Mário Penna Categoria: Notícias Gerais



Helena, que tem como significado “luz, ‘luminada”, trouxe um novo sentido para a vida da Sara de Oliveira Pimenta, paciente oncológica do Instituto Mário Penna. Sara  ganhou da Diretoria de Humanização e da Pastoral da Saúde, com o apoio da Equipe de Cuidados, duas comemorações: um Chá de Fraldas para a Helena e uma Festa de Aniversário.

Forte, corajosa e muito querida entre os colaboradores e a equipe médica, Sara se emocionou com tantos presentes e fraldas doados para a Helena: casaquinhos, vestidos, sapatinhos, mantas, jogos de berço. A cada pacote de presente aberto, uma alegria, que só não é maior que a ansiedade pela chegada da Helena.

O parto está previsto para esta semana, no Hospital Julia Kubitscheck, quando Sara completa sete meses de gestação. Como Helena apresenta boa saúde, e Sara precisa dar continuidade as sessões de radioterapia, o parto está sendo antecipado. “Sempre quando vem aquele sentimento de desânimo, de não querer o tratamento, a Helena dar uma contorcida na minha barriga e lembro que tenho que estar bem para cuidar dela. E o que essa equipe do Instituto Mário Penna faz por mim, não sei explicar. O que a gente mais precisa numa situação dessas é de amor e carinho e aqui eu tenho tudo isso. É um amor que conforta.”

Sara também ganhou de presente da Diretoria de Humanização, uma Sessão de Beleza, só que dessa vez para comemorar o seu aniversário. A data foi festejada ao lado do pai, da mãe, da irmã e da tia, que a tem acompanhado durante os dias de internação, e o reencontro da família, que veio de Itaúna, emocionou a todos os presentes.

Para comemorar os 26 anos, a festa também teve bolo de aniversário e o tradicional ‘Parabéns’, embalado pela voz e violão da colaboradora Fernanda, do setor de Convênios Comerciais da Instituição.

“Esses eventos de humanização são muito importantes para mostrar que o paciente não é só um código, ele representa a Sara, com toda sua história, sua luta e sensibilidades”, afirmou a psicóloga Jéssica Dark Pereira.

A médica clínica Dra.Nayara Cecília Ferreira Silva, participou dos dois eventos e se emocionou com a família. “Acompanhei a Sara logo no início, quando chegou aqui no hospital. Foi difícil aceitar essa situação, o ambiente hospitalar. Fico muito feliz com esses encontros, com esse carinho, para que o paciente perceba que o ambiente aqui também pode ser agradável.”

Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

Compartilhe essa notícia:
Outras notícias de Notícias Gerais