Dia Nacional de Combate ao Colesterol alerta sobre o desencadeamento de doenças cardiovasculares

07/08/2020 Por: Instituto Mário Penna Categoria: Hospital Luxemburgo Oncologia



O Dia Nacional de Combate ao Colesterol é comemorado no dia 8 de agosto, data criada com o objetivo de conscientizar e esclarecer sobre a importância da detecção do aumento do nível do colesterol, da adoção de um estilo de vida saudável e da prevenção das doenças cardiovasculares e de cânceres.

Maria Cristina Drummond, médica endocrinologista do Instituto Mário Penna, explica que em níveis elevados de colesterol, principalmente da fração denominada LDL (lipoproteína de baixa densidade), aumentam os riscos de doenças cardiovasculares, como infarto e derrame.

A médica reforça ainda que o colesterol é essencial para a saúde do organismo, pois faz parte da composição das membranas das células, da produção de hormônios esteroides e da vitamina D.

Os níveis de colesterol estão relacionados a fatores genéticos, à alimentação e a algumas doenças, como a obesidade e o hipotireoidismo, que podem desencadear alguns tipos de cânceres. Os valores recomendados de colesterol devem ser individualizados e levar em conta a idade, a história familiar, a estratificação do risco cardiovascular, cânceres e a ocorrência de doenças, como hipertensão arterial e diabetes mellitus.

“É importante que todos os pacientes com colesterol elevado recebam orientações com o objetivo de manter uma dieta saudável e equilibrada, baseada na ingestão de frutas, legumes, hortaliças e grãos integrais. A preferência deve ser para as carnes magras, peixes e derivados do leite desnatados. O excesso de alimentos de origem animal com alto teor de gordura saturada deve ser evitado, como as carnes gordurosas, frituras e alimentos ultra processados”, ressalta Maria Cristina.

É muito importante também manter a prática de exercícios físicos aeróbicos e do peso adequado, evitar o uso de bebidas alcoólicas e não fumar.

Mantenha seus exames em dia e, se precisar de ajuda, procure um médico.

Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

Compartilhe essa notícia:
Outras notícias de Hospital Luxemburgo