Fisioterapia contribui para melhoria da qualidade de vida de mulheres com câncer de mama

11/10/2019 Por: Instituto Mário Penna Categoria: Notícias Gerais

Uma das preocupações da mulher em tratamento de câncer de mama é o acúmulo de líquido nos braços, que causa inchaço e pode dificultar o movimento. A fisioterapia é fundamental para a recuperação físico-funcional das pacientes, podendo tratar e até mesmo prevenir complicações, além de incentivar a paciente à retomada das atividades diárias o mais rápido possível.

A fisioterapia também assume objetivos diferentes a cada fase de tratamento, que se divide em pré-operatório e pós-operatório. Na primeira, é feita uma avaliação físico-funcional, que ajuda a pensar estratégias para a reabilitação da paciente e serve como elemento de apoio ao resto da equipe médica.

Já durante o pós-operatório, o objetivo é o retorno da movimentação ativa dos membros. O profissional fisioterapeuta também deve orientar a paciente a respeito de cuidados com os membros próximos dos locais de operação. Através de procedimentos como exercícios, alongamentos, terapia manual e relaxamentos, as sessões estimulam a circulação, a cicatrização, diminuem a dor, previnem complicações em tendões e músculos e ajudam a recuperar a postura adequada.

Fonte: Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama

Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

Compartilhe essa notícia:
Outras notícias de Notícias Gerais