Hospital Luxemburgo Inaugura Nova Sala de Cirurgia

20/05/2019 Por: Instituto Mário Penna Categoria: Hospital Luxemburgo



Foi inaugurada na segunda quinzena de abril, uma nova sala de cirurgia, no Bloco Cirúrgico do Hospital Luxemburgo que coloca o Instituto Mário Penna à frente de grandes hospitais de Minas Gerais principalmente no que diz respeito ao atendimento a pacientes oncológicos pelo SUS. A sala, que oferece diversas tecnologias beneficiam pacientes e equipes médica e assistencial, foi adquirida por meio de verba liberada pelo Pronon (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) de 2015, no projeto “Ampliação e Qualificação do Tratamento Cirúrgico Oferecido ao Paciente Oncológico do Instituto Mário Penna”.

Dentre os benefícios da sala, destacam-se:

• Documentação de todos os procedimentos cirúrgicos – abertas ou minimamente invasivas;

• Roteamento de imagens (o médico tem várias imagens do procedimento de maneira ergonômica);

• Controle de equipamentos (é possível fazer qualquer tipo de configuração sem necessidade de contato externo);

• Mesa cirúrgica com acessórios (fácil manuseio, leve, suporta pacientes de até 500 quilos);

• Foco cirúrgico diferenciado (pode-se trocar a iluminação da sala visando evitar que o cirurgião fique com a visão cansada);

• Videoconferência (é possível fazer a transmissão da cirurgia para qualquer parte do mundo);

• Sistema de vídeos (capacidade para utilização do módulo de fluorescência para cirurgias minimamente invasivas, que permite ao cirurgião injetar um contraste no paciente que percorre vasos sanguíneos e artérias mudando de cor. Com isso, o médico identifica nódulos e visualiza como está a irrigação).

• Sala com suporte para cirurgias robóticas no futuro.

Cirurgia de Inauguração

A primeira cirurgia realizada na sala, uma Ressecção Endoscópica da Próstata, foi feita pelo médico urologista do corpo clínico do IMP,  Dr André Salazar e sua equipe. Dr. Leonardo Soares Marques, médico do último ano da residência em Urologia afirma que a cirurgia com os novos equipamentos superou as expectativas. “A experiência de realizar a primeira cirurgia foi maravilhosa. A sala proporciona um conforto para o cirurgião que eu nunca vi igual. Tanto o número de vídeos, a maca, as diferentes possibilidades de iluminação, de posicionamento do paciente. Ficou muito bem feito e ficamos muito satisfeitos com o que foi feito até o momento”, disse.

O médico Dr. André Salazar, preceptor do Dr. Leonardo, concorda. “A sala ficou muito bem dimensionada e muito bem planejada. Os equipamentos são de primeira linha e vai facilitar a realização de cirurgias seguras, com resultados melhores. Vai ser muito bom para o hospital e para os pacientes também”, finaliza.

Mão de Obra

Mais de 30 pessoas trabalharam durante dois meses de obra para transformar uma sala antiga do Bloco, nessa sala inteligente. O local passou por uma reestruturação completa que contou com a troca do piso, da fórmica e da estrutura metálica colocada no teto para garantir que ele recebesse equipamentos que chegam a pesar meia tonelada.

Além disso, com a chegada dos equipamentos, a equipe de Central de Materiais e Esterilização (CME) realizou o cadastro de todos os produtos para saúde (material de vídeo) de acordo com o registro da Vigilância Sanitária e rastreabilidade de todo processamento que garante a esterilização do material para o hospital.

Confira as empresas doadoras pelo PRONON que viabilizaram o projeto da sala integrada!

Anglogold
Vallourec
Ibiritermo
Lider Aviação
Itaú
Vivo
Localiza
Vale
Grupo Sada
White Martins
Supermix
Plena Alimentos
Mascarenhas Barbosa Roscoe
Ambev
Acelor Mittal

Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

Compartilhe essa notícia: