Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

Promovendo esperança há 48 anos

28/06/2019 Por: Instituto Mário Penna Categoria:



História de Perseverança

Mesmo com dificuldades financeiras, o Instituto Mário Penna celebra seu aniversário no dia 28 de junho sendo referência no tratamento de câncer

 Um sonho que se transformou em realidade. Assim é possível definir o Instituto Mário Penna (IMP), instituição filantrópica hospitalar que trata o câncer. Composta pelos Hospitais Mário Penna e Luxemburgo, a Casa de Apoio Beatriz Ferraz e o Núcleo de Ensino e Pesquisa. Fruto do ideal de um grupo de jovens que decidiu ajudar pacientes em estágio avançado de câncer, a instituição segue contribuindo para o diagnóstico precoce da doença e é pioneira em trabalhar campanhas de prevenção.

Tradição na Luta contra o Cancêr

A história do Instituto Mário Penna – que recebe esse nome em homenagem ao incansável médico que se tornou pioneiro do tratamento do câncer em Minas Gerais – começa em 1963, com uma ala no Hospital Borges da Costa, dedicada exclusivamente a doentes terminais.

Naquela época, o governo do estado preparou um galpão, no bairro Santa Efigênia, para onde essas pessoas deveriam ser levadas, mas a realidade era muito cruel: o local chegou até a receber o apelido de “depósito”, uma vez que os pacientes que lá viviam seus últimos dias, estavam totalmente desamparados, e sem a mínima assistência.

Em 28 de junho de 1971, graças a este intenso trabalho nasceu a Associação dos Amigos do Hospital Mário Penna. O grupo conquistou diversas melhorias para os pacientes do antigo “depósito” – sendo a principal delas a devolução da humanidade no tratamento de doentes terminais.

Hoje, há 48 anos após o início dessa trajetória, o Instituto Mário Penna continua na luta contra o câncer através do apoio da sociedade, contando com hospitais de referência no tratamento oncológico, como Hospital Mário Penna e Hospital Luxemburgo, a Casa de Apoio Beatriz Ferraz que acolhe gratuitamente pacientes do interior em tratamento nos hospitais do Instituto e um Núcleo de Ensino e Pesquisa para descobertas de tratamentos, diagnósticos e melhor entendimento do câncer.

Atualmente, o Instituto Mário Penna atende cerca de140 mil pacientes por anos sendo provenientes de mais de 620 municípios de Minas Gerais.

Com a ajuda de colaboradores, integrantes do corpo clínico, voluntários, doadores e parceiros, essa história que se iniciou no olhar cuidadoso de quem zela pelo próximo, continuará sendo escrita por muitos anos.

Compartilhe essa notícia:
Outras notícias de

Nenhuma notícia encontrada.