Colaboradores do Instituto Mário Penna se preparam para a implantação do Prontuário Eletrônico do Paciente

08/11/2019 Por: Instituto Mário Penna Categoria: Notícias Gerais



O Instituto Mário Penna implantará até o início de dezembro deste ano o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP). Para isso, o setor de Tecnologia da Informação da instituição tem se reunido com os colaboradores de diversos setores da área assistencial para discutir todos os processos e organizar as boas práticas que serão implantadas.
De acordo com o Gerente de Tecnologia da Informação (TI) Maurício Veloso Schvartzman, o novo sistema administra as informações geradas em todos os setores, possibilitando uma visão integrada dos processos organizacionais e o controle eficiente dos recursos, custos e resultados da instituição. “Isso garante mais segurança e qualidade no atendimento do paciente, auxilia na sustentabilidade financeira e melhora a adequação a todos os requisitos legais”.
A expectativa é que a implantação aconteça em dois momentos: até dezembro deste ano, no Centro Cirúrgico e na Unidade de Internação, e em fevereiro de 2020 no Bloco Cirúrgico. A partir daí o PEP será implantado gradativamente nos demais setores. Com a implantação do PEP, todos os indicadores do hospital também poderão ser acompanhados em tempo real, validando as informações junto ao painel de gestão.
O Gerente de TI ainda ressalta que é importante envolver as equipes nesse momento de “pré-implantação” para que as possíveis dificuldades de cada setor possam ser levantadas. Ele afirma que o prontuário eletrônico, além de ser um grande avanço para a gestão hospitalar, também garantirá agilidade no trânsito das informações pelo hospital possibilitando uma tomada rápida de decisão e acompanhamento em tempo real da produção hospitalar.
“O PEP vai trazer mais aprimoramento dos processos, vai garantir mais segurança aos pacientes e cercar mais os processos. Será mais fácil identificar alguns gaps que sabemos que existem nos setores”, disse Catarina Leal Santos Pereira, Coordenadora da Farmácia e Almoxarifado.

Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

Compartilhe essa notícia:
Outras notícias de Notícias Gerais