Frentes de Pesquisa

As frentes de pesquisa são diversas dentro do Instituto Mário Penna, contemplando as áreas de tratamento, cuidado de enfermagem, genética, infecção, nutrição, fisioterapia, terapia ocupacional, imagem, cirurgia e terapias de suporte.

O NEP  realiza atividades de pesquisas translacionais e clínicas, desenvolvendo projetos relacionados à epidemiologia, diagnóstico e tratamento que atendam ao perfil oncológico do Instituto Mário Penna.

A pesquisa básica e translacional abrange os estudos para investigar marcadores genéticos que poderão ser utilizados no manejo dos tumores, no refinamento dos diagnósticos, como determinantes do prognóstico e como alvos terapêuticos.

Outra frente de trabalho do Núcleo NEP  está relacionada aos estudos sobre o sistema imune e as neoplasias, buscando desenvolver e estimular respostas inatas dos pacientes oncológicos para o combate às diversas neoplasias tratadas na instituição.

A pesquisa clínica, patrocinada pela indústria farmacêutica, envolve o tratamento do paciente e tem como objetivos:

  • desenvolver e investigar medicamentos e novos tratamentos;
  • desenvolver e investigar novas indicações e formas farmacêuticas de medicamentos já comercializados;
  • criar vacinas;
  • criar novos métodos de diagnóstico;
  • prevenir doenças.

Assim, em vários pontos, as duas áreas de pesquisa se complementam, uma vez que os conhecimentos gerados na pesquisa translacional permitem ao corpo clínico obter novas ferramentas no acompanhamento dos pacientes.


Ajude o Instituto
Mário Penna

Sua doação pode fazer toda a diferença.

SAIBA MAIS